Qual o valor de um banco de dados na fidelização de clientes?

Tempo de leitura: 4 minutos

Fidelizar clientes sem o uso da tecnologia até é possível, mas é bem mais difícil e menos eficiente. O uso de softwares e apps de fidelização é cada vez mais comum justamente porque vai muito além de distribuir prêmios aos seus melhores consumidores. Se bem feito, um programa de fidelidade pode coletar um banco de dados incrível sobre seus clientes e seu negócio.  

Se você ainda não usa uma ferramenta para captar dados dos seus clientes, precisamos te contar que você já está atrasado! A previsão dos especialistas é de que até 2024, um novo pensamento estará difundido e os dados serão cruciais para qualquer empresa que queira crescer. Para esse mesmo ano, é previsto que já seja comum a venda de bancos de dados e informações com base em padrões de consumo.  

Falando em banco de dados, nós já escrevemos um ebook sobre o assunto chamado a ferramenta que faltava para você conhecer – de verdade – os seus clientes”. Nele, apresentamos todas as informações que você consegue captar utilizando o nosso software, acesse clicando no link abaixo: 

CLIQUE AQUI!

Tendo em vista esse cenário para o futuro, você já deve estar refletindo sobre a importância dos dados dos seus clientes, não é mesmo?! Mas qual o real valor desses dados? Como captar essas informações? Como eles ajudam na fidelização de clientes? 

É disso que vamos falar hoje! 

O valor de um banco de dados 

Já é consenso entre os especialistas que os bancos de dados serão, no futuro, o principal valor de uma empresa. E nós não estamos falando de um futuro muito distante: a empresa de pesquisas de mercado Gartner afirma que, em 5 anos, os dados já serão uma parte do valor de mercado das empresas maior do que sua propriedade intelectual, seu espaço físico ou seus profissionais. 

Segundo a mesma pesquisa, 91% das empresas ainda não conseguiu atingir o nível de maturidade desejado sobre o assunto. Isso significa que elas ainda não conseguem analisar as informações captadas e transformá-las em ações estratégicas.  

É exatamente por isso que, em um mercado cada vez mais competitivo, as empresas que não querem ficar para trás em relação às concorrentes precisam investir em tecnologias!  

Como captar dados 

Ao instalar um programa de fidelidade digital no seu negócio, como o Polvo Spot, por exemplo, você consegue coletar vários dados importantes. Com ele, seus clientes se tornam mais fiéis e ainda informam seus dados em troca de algum benefício de baixo custo para o seu negócio. 

Um bom software vai captar as informações de forma sutil e oportuna, sem um longo questionário que pode irritar o cliente. Além disso, também vai gerenciar esses dados, te mostrar tendências de comportamento, separar os clientes por tipos e te mostrar em números e gráficos tudo o que acontece no seu negócio. 

No ebook A ferramenta que faltava para você conhecer – de verdade – os seus clientes”, a gente explica certinho como isso acontece, acesse clicando aqui.

O que fazer com essas informações 

O uso otimizado de um bom banco de dados vai te permitir entender melhor seus clientes e suas motivações, interesses, expectativas e preferências. Dessa forma, você vai conseguir montar estratégias melhores e mais eficientes visando o sucesso da sua empresa.  

Você vai poder identificar o perfil dos seus clientes, saber o qual sua frequência de visitas, total consumido, ticket médio, gênero, faixa etária, pratos favoritos e muito mais. Com isso, toda sua comunicação passa a ser muito mais eficiente, diminuindo seus gastos com publicidade.  

Esses dados vão ajudar sua equipe de marketing a direcionar com mais precisão as suas campanhas e para adquirir novos consumidores. Melhor ainda, esses novos clientes terão um perfil parecido com o dos seus atuais consumidores fiéis, ou seja, a chance de retorno deles é muito maior!  

Além disso, você também poderá gerenciar melhor seus estoques e entender a preferência de consumo das pessoas, criando promoções e outras estratégias que realmente façam sentido e sejam eficazes. 

Quer saber mais sobre como sua empresa vai ganhar dinheiro com um programa de fidelidade? Então clica aqui e confere o texto que fizemos sobre isso:  

CLIQUE AQUI

Na era da chamada “economia da informação”, toda empresa competitiva precisa começar a pensar em criar um banco de dados e aprender a analisar essas informações. É importante integrar o conhecimento advindo desse estudo para que suas estratégias de tornem mais eficientes.  

Um bom programa de fidelidade pode ser um fortíssimo aliado no processo de captação e, se você quer saber mais sobre como montar um para sua empresa, é só clicar no link abaixo: 

Como criar um programa de fidelidade para a sua empresa: o guia completo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *